BLOG

18/12/2018

Metas realistas: dicas de como criar para a sua loja

Metas realistas são exatamente o que os donos de lojas de roupas precisam. Afinal, todo gestor já sabe algum artifício fundamental para obter alguns objetivos importantes para o negócio.

Essas metas servem para guiar as ações da loja e também ajuda na mensuração dos resultados. Mas, todo esse processo deve estar aliado à realidade do mercado em que a loja está inserida, à equipe e à outras várias questões decisórias.

Sem contar, que sem esse guia não é possível criar um planejamento estratégico de negócio. Afinal, sem um ponto a se conquistar não há possibilidades de evolução positiva.

Entretanto, há um problema quando é colocado em cheque a criação e análise das metas. Isso ocorre quando os obtidos não condizem com a realidade da empresa.

Por isso, se você quer que suas metas sejam batidas dia após dia e ter sucesso com o seu time de vendas, é preciso saber como definir metas de vendas realistas. Continue a leitura deste post e saiba mais sobre o assunto!

metas realistas

Metas realistas: análise de mercado


Se a ideia é ser realista você vai precisar fazer uma análise do mercado em que sua loja atua. O primeiro passo para isso é estudar a situação do seu segmento de negócio, as condições de oferta e demanda, entender o comportamento de compra do seu público e, claro, a sua concorrência.

Todos os dados dessas pesquisas e análises irão resultar num cenário, que servirá de base fiel para estabelecer metas. Afinal, não adianta você estabelecer metas difíceis de serem batidas se o mercado vai mal, se o seu segmento não apresenta um bom crescimento ou se não há muita demanda.

Metas realistas: indicadores de venda

Uma questão importante para ter metas realistas são os indicadores de venda. Esses dados não devem ser encarados somente com caráter de documentos. Mas, sim de informações pra lá imprescindíveis para o seu processo de venda.

Então, se você não tem o hábito de estabelecer métricas e acompanhá-las, confira algumas das mais importantes:

  • Ciclo de vendas:

Quanto tempo, em média, a equipe leva para fechar negócio com um cliente novo.

  • Ticket médio:

Esse é o valor médio das vendas por usuário. É a soma de todas as vendas realizadas dentro de um período e divida pelo número de pedidos realizados.

  • Número de vendas por vendedor:

Quanto cada vendedor consegue vender, em média.

Você pode estabelecer várias métricas além dessas, o importante é que elas apresentem dados relevantes para a sua empresa. A partir das informações obtidas por meio dessas métricas é possível traçar metas muito mais realistas.

Metas realistas: capacidade de venda

Não faz sentido criar uma demanda sem ter a capacidade de atendê-la, certo? Essa situação hipotética tem o poder de colocar em risco a imagem da sua loja em relação ao mercado.
Então, é necessário entender a fundo a capacidade de venda da sua equipe. Para que você possa cumprir todas as premissas das promoções da sua loja de roupas. E, claro, sempre mantendo um alto nível de atendimento.

É preciso analisar muitos aspectos antes de traçar suas metas de vendas e criar uma estratégia matadora para alcançá-las, como o número de funcionários no seu time de vendas, seu estoque disponível, o treinamento desse pessoal e por aí vai.

Metas realistas: fatores externos

É muito importante que, ao definir suas metas, elas não sejam baseadas apenas nos fatores internos do seu negócio — como número de funcionários, qualificação de cada um e gestão de estoque, por exemplo. As metas também precisam estar em comum acordo com os fatores externos, como:

  • Sazonalidade:

Existem épocas do ano que são melhores do que outras para determinados segmentos. No final do ano, por exemplo, suas metas podem ser diferentes porque a época permite, mas no terceiro trimestre não espere batê-las com tanta facilidade.

  • Momentos de crise:

Não adianta querer manter o volume normal de vendas em um momento de recessão em que o cliente não está disposto a gastar. É preciso estar de olho no mercado econômico e no comportamento do consumidor.

  • Novos concorrentes:

Quando surge um concorrente direto, é preciso ser realista e aceitar que talvez suas vendas possam diminuir, principalmente se esse for um forte concorrente e tiver uma boa estratégia.

Metas realistas são fundamentais para manter sua equipe de vendas motivada e a produtividade em alta. Pois bem, as dicas para ter metas realistas estão aí! Sabe o que falta? A nossa Coleção VERÃO 2019, que promete morar nos desejos de todos os seus clientes. Saiba mais clicando na imagem abaixo.

metas realistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *